ESTUDO DE MIGRAÇÃO DA ENZIMA POLIGALACTUNORASE INCORPORADA EM FILMES BIODEGRADÁVEIS DE ACETATO DE CELULOSE

Bruna Lana Oliveira Peixoto

Resumo


As embalagens de alimentos são estratégias importantes que podem ser decisivas quanto ao benefício referente à competitividade na indústria de alimentos. Portanto, há constante desafio visando atender às exigências dos consumidores, fornecendo embalagens modernas, práticas, que preservem os alimentos e sejam viáveis ambiental e economicamente (SOARES, et al., 2009). Nesse contexto, novas linhas de pesquisa têm surgido nas últimas décadas com o objetivo de desenvolver embalagens que interajam com o produto embalado, trazendo, portanto, uma vantagem adicional para estas. Muitas dessas embalagens ativas têm sido desenvolvidas a partir de matérias-primas naturais e renováveis, tanto a matriz polimérica como os aditivos funcionais incorporados, apresentando assim o caráter da biodegradabilidade (MACHADO, 2011 apud SANTANA et al., 2013). Visto a importância da embalagem para o alimento e a necessidade em torno do seu aperfeiçoamento, este trabalho objetivou fortalecer a rede de pesquisa em busca de alternativas que consigam expandir o conhecimento em torno dos filmes ativos biodegradáveis a fim de futuras aplicações industriais. O objeto do trabalho são filmes de acetato de celulose incorporados com enzima poligalacturonase, que foram avaliados quanto à migração para diferentes meios.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.