ENTRE O MAR E A FEIRA: MAPEAMENTO PARTICIPATIVO E ETNOBOTÂNICA EM MADRE DE DEUS-BA

Raiza Rabelo Ramos Almeida

Resumo


No cenário atual, há uma necessidade crescente de investigação da relação humano-natureza, visto que, existe uma gama de processos comportamentais e sociais que interferem diretamente nas formas com que o ser humano usufrui e interage com o mundo natural. Essa investigação é o objeto de pesquisa da etnobiologia, que fomenta cada vez mais o conhecimento e reconhecimento das chamadas comunidades tradicionais.
A Baía de Todos os Santos – BTS – é um local singular para estes estudos etnobiológicos, pois, além de chamar atenção por seus aspectos históricos e culturais é reconhecida também por seu aspecto geográfico possuindo uma enorme superfície de 1.233 km2 (CAROSO, et al, 2011). Por ser um ambiente com grande influência costeira a maior parte dos estudos da BTS concentram-se em entender as dinâmicas dessas comunidades com o ambiente marinho. Porém, nesse contexto torna-se importante também analisar as interações com as espécies vegetais, ao passo que, estudos etnobotânicos nesse tipo de ambiente são escassos.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.