MODELO DE CADASTRO IMOBILIÁRIO PARA AVALIAR O CRESCIMENTO URBANO NA AV. ARTEMIA PIRES E SUAS ALTERAÇÕES NA DINÂMICA DE FEIRA DE SANTANA

Autores

  • Adriana Assis da Silva

DOI:

https://doi.org/10.13102/semic.v0i23.6283

Resumo

Em Feira de Santana, a expansão urbana vem sendo destaque periodicamente,
sobretudo, devido ao crescimento territorial da cidade, por conta do cruzamento de três
grandes rodovias federais (BR 324, BR 116 E BR 101) e cinco estaduais (BA 052, BA
084, BA 502, BA 503 E BA 504), que intensificou o interesse dos investidores de
atividades comerciais, pois o tráfico de viajantes é considerado muito intenso e
contribui no aumento das estatísticas financeira. Segundo o Ministério do Meio
Ambiente (MMA) (BRASIL 2009), a cidade possui uma acumulação significativa de
população inconstante e flutuante, materiais e capital de interesse, com a utilização da
atividade no terminal rodoviário e pela intensa movimentação de veículos nas rodovias
citadas.

Downloads

Publicado

2021-04-01

Edição

Seção

Ciências Sociais, Humanas e Filosofia