ASPECTOS IMAGÉTICOS NAS PRÁTICAS CIENTÍFICAS DO FUNCIONÁRIO-NATURALISTA DOMINGOS ALVES BRANCO MUNIZ BARRETO (1768-1808)

Autores

  • Wilton Alves Ferreira Júnior

DOI:

https://doi.org/10.13102/semic.v0i23.6290

Resumo

Esta pesquisa pretende analisar práticas imagéticas do naturalista Domingos Alves
Branco Muniz Barreto, um baiano nascido na cidade de Maragogipe, em 1748 e
falecido na cidade do Rio de Janeiro, aos 83 anos de idade, em 19 de julho de 1831, que
passou a maior parte da vida atuando como militar, posição que lhe permitiu percorrer o
território do Brasil, executando tarefas estratégicas de interesse da Coroa portuguesa,
dentre elas a produção de conhecimentos sobre o mundo natural, o que inclui memórias,
relações, mapas e estampas.

Downloads

Publicado

2021-04-01

Edição

Seção

Ciências Sociais, Humanas e Filosofia