O DUALISMO CARTESIANO E SUAS PROBLEMÁTICAS CONCEITUAIS PARA O DESENVOLVIMENTO DE UMA NEUROCIÊNCIA NA CONTEMPORANEIDADE.

Autores

  • Rosimeire de Paula da Silva

DOI:

https://doi.org/10.13102/semic.v0i23.6301

Resumo

O presente escrito traz aspectos da teoria dualista, desenvolvida pelo francês
Rene Descartes, no século XVII, abordando as concepções desse autor para a
manutenção de sua tese; e também a crítica a essa teoria, tecida pelo britânico Gilbert
Ryle, em sua obra The Concept Of Mind (O conceito de mente, na tradução para o
Português), que considerou que nela há um erro conceitual tão estridente que
simplesmente anularia qualquer possibilidade de haver uma teoria do mental.

Downloads

Publicado

2021-04-01

Edição

Seção

Ciências Sociais, Humanas e Filosofia