Enraizamento de estacas de espécies arbóreas da mata ciliar da cachoeira Domingos Lopes, Morro do Chapéu, Bahia, Brasil: efeitos da utilização de ácido indolbutírico em estacas de Pseudopiptadenia brenanii e Calyptranthes rufa

Autores

  • Robson de Jesus Santos

DOI:

https://doi.org/10.13102/semic.v0i23.6447

Resumo

As técnicas de propagação vegetativa, dentre elas a estaquia, prioriza o resgate
da diversidade vegetal, sendo um meio de contornar as dificuldades de propagação das
espécies nativas e manutenção dos recursos genéticos, o baixo custo, rapidez e
simplicidade são algumas das vantagens deste método. Tendo como definição, a
multiplicação assexuada de parte das plantas, com objetivo de gerar indivíduos
geneticamente idênticos a planta mãe (LANA, et al., 2008; PARAJARA, 2015).

Downloads

Publicado

2021-04-01