A VARIAÇÃO NAS PREPOSIÇÕES LOCATIVAS NO PORTUGUÊS FALADO EM BARRA/BANANAL E EM LUANDA

Autores

  • Manoel Crispiniano Alves da Silva

DOI:

https://doi.org/10.13102/semic.v0i23.6660

Resumo

Embasada na perspectiva do contato e no arcabouço teórico-metodológico da Teoria da Variação e Mudança Linguística (WEINREICH, LABOV, HERZOG, 2006 [1968]), esta pesquisa consiste na análise da variação das preposições locativas a, para e em que regem os verbos de movimento chegar, levar, vir e voltar no português falado em duas ex-colônias portuguesas, a saber: Luanda, capital de Angola e Barra-Bananal dos Negros, comunidade remanescente de quilombos, situada no município de Rio de Contas, na região da Chapa Diamantina, sendo, respectivamente, representantes do Português Angolano (PA) e do Português Brasileiro (PB), analisando os efeitos do intenso contato linguístico ocorrido na sócio-história desses países.

Downloads

Publicado

2021-04-01

Edição

Seção

Educação, Letras e Artes