O CASO DA FAMÍLIA PEIXOTO: ESTUDO LEXICAL DE UM CRIME DE HOMICÍDIO DO INÍCIO DO SÉCULO XX

Autores

  • Rebecca Cardoso Braga

DOI:

https://doi.org/10.13102/semic.v0i23.6665

Resumo

Os estudos linguísticos contemporâneos buscam compreender a relação do sujeito em face ao seu contexto social e histórico. Essa relação só pode ser analisada através do tempo, observando o modus vivendi das comunidades, resgatando essas informações através dos textos, pois estes são instrumentos de poder linguístico que, além de identificar, livram as memórias e grandes feitos do esquecimento. Considera-se aqui, portanto, como a descoberta mais significativa do homem, a escrita e, em seguida, o labor filológico pois, segundo Silva (2014, p. 28), “A edição de textos se constitui como uma maneira de perpetuá-los ao longo dos tempos e, por sua vez, trazê-los para o conhecimento da sociedade atual.”

Downloads

Publicado

2021-04-01

Edição

Seção

Educação, Letras e Artes