A CONCRETIZAÇÃO DOS PRINCÍPIOS DA ECONOMIA POPULAR E SOLIDÁRIA ATRAVÉS DA MEDIAÇÃO DE CONFLITOS

Autores

  • Renata de Oliveira Teixeira

DOI:

https://doi.org/10.13102/semic.v0i23.6678

Resumo

A Economia Popular e Solidária pode ser conceituada como um modelo diferente de economia, praticada por grupos populares em que se busca o desenvolvimento local e de práticas que proporcionem renda necessária para o sustento dos próprios participantes, divergindo do modelo tradicional de economia – capitalista – na qual ideais de solidariedade e cooperação são ressaltados constantemente. Segundo LIMA (2016, p.4) esse modelo “favorece o movimento contra-hegemônico pelo desenvolvimento local solidário em detrimento do desenvolvimento tradicional, por conta da possibilidade da construção de uma articulação no seu cotidiano, nas suas relações genuínas e orgânicas”.

Downloads

Publicado

2021-04-01

Edição

Seção

Ciências Sociais, Humanas e Filosofia