Avaliação da qualidade de vida em pacientes diagnosticados com câncer de cabeça de pescoço atendidos na Unidade de Alta Complexidade em Oncologia (UNACON) e Multiclin de Feira de Santana – BA

Autores

  • Agda Braga Teixeira

DOI:

https://doi.org/10.13102/semic.v0i23.6713

Resumo

A crescente preocupação com questões relacionadas à qualidade de vida (QV) vem de um movimento dentro das ciências humanas e biológicas no sentido de valorizar parâmetros mais amplos que o controle de sintomas, a diminuição da mortalidade ou o aumento da expectativa de vida (PEREIRA; TEIXEIRA; SANTOS, 2012). Os determinantes e condicionantes do processo saúde-doença são multifatoriais e complexos. Assim, saúde e doença configuram processos compreendidos como uma série de eventos, relacionados aos aspectos econômicos, socioculturais, à experiência pessoal e estilos de vida (SEIDL; ZANNON, 2004).

Downloads

Publicado

2021-04-01