CONFLITOS ÉTICOS VIVENCIADOS PELO FAMILIAR ACOMPANHANTE DA PESSOA COM PROBLEMAS ONCOLÓGICOS

Autores

  • Déborah Soares Assis

DOI:

https://doi.org/10.13102/semic.v0i23.6973

Resumo

Em seu estudo Ferreira et al. (2018), constata que o cuidado de um familiar com câncer traz sobrecarga e mudanças significativas na estrutura e na vida dos familiares, principalmente, diante das incertezas impostas pelo diagnóstico e tratamento o que, resulta em ansiedade, insegurança, desgaste, sensação de impotência para enfrentamento da doença, finitude e sofrimento.

Downloads

Publicado

2021-04-01