FEIRA DE SANTANA E OS DESAFIOS PARA CONSTRUIR UMA CIDADE SUSTENTÁVEL

Solange Maria Oliveira da Silva

Resumo


O presente artigo tem a finalidade de chamar a atenção
para os impactos gerados pela urbanização desorganizada
da cidade de Feira de Santana (BA), em relação ao planejamento
e criação de bases para a construção de uma cidade
sustentável. A metodologia utilizou-se de discussões teóricas,
realização de entrevistas e observações in loco para a sua
fundamentação, o que auxiliou na melhor compreensão
da realidade e aperfeiçoamento do estudo. O objetivo principal deste artigo é analisar como a expansão urbana provocou transformações no espaço da cidade e influenciou o modo de vida da população. A degradação ambiental gera problemas sociais e afeta a qualidade de vida das pessoas. Políticas voltadas para o controle das implicações ambientais são necessárias para melhorias no espaço urbano de cidades que tem um histórico de crescimento pautado no interesse econômico, alheio aos interesses sociais e bemestar populacional. É desafiador pensar e agir com foco na questão ambiental, pois exige uma transformação da rotina nas cidades e mudanças de hábitos por parte dos moradores. A articulação entre os agentes formadores da sociedade é essencial para a construção de uma cidade sustentável.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13102/sitientibus.v0i55.4554

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN Versão Impressa 0101-8841