Viajantes naturalistas do século XIX na região da Província de Goiás: levantamento de topônimos indígenas

Carla Bastiani, Karylleila dos Santos Andrade

Resumo


Apresentando-se como um recorte do Atlas Toponímico do Tocantins – ATT, este estudo visa descrever a toponímia indígena dos viajantes naturalistas no século XIX na região da Província de Goiás, hoje Estado do Tocantins. Ressalta-se que esses relatos são elementos fundamentais na construção da identidade nacional. No caso dessa província, essas narrações permitem reconstituir, além da história e geografia regional, seu perfil etnolinguístico. Os procedimentos metodológicos utilizados foram: leitura de textos sobre a historiografia da Província de Goiás e dos relatos dos viajantes naturalistas europeus do século XIX; levantamento dos topônimos indígenas (etnotopônimos) descritos nesses relatos; e análise do corpus a partir dos subsídios da toponímia de Dick (1990).


Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, Karylleila dos Santos. Atlas toponímico de origem indígena do Estado do Tocantins: Atito. Goiânia: Ed. da PUC de Goiás, 2010.

BASTIANI, C. Topônimos, nomes de escola e memória: o léxico como repertório do conhecimento cultural. DLCV, v. 12, n. 2, João Pessoa, jul./dez. 2016.

CASTELNAU, Francis. Expedição às regiões centrais da América do Sul. Belo Horizonte; Rio de Janeiro: Itatiaia, 2000.

CHAUL, Nasr Nagib Fayad. Caminhos de Goiás: da construção da decadência aos limites da modernidade. Goiânia: Ed. da UFG, 2002.

DICK, Maria Vicentina de Paula do Amaral. A motivação toponímica e a realidade brasileira. São Paulo: Arquivo do Estado de São Paulo, 1990.

DOLES, D. E. M.; NUNES, H. P. Memória da ocupação de Goiás na primeira metade do século XIX: a visão dos viajantes europeus. Ciências Humanas em Revista – História, v. 3, n. 1-2, Goiânia, jan./dez. 1992.

GARDNER, George. Viagem ao interior do Brasil, principalmente nas províncias do Norte e nos distritos do ouro e do diamante durante os anos de 1836-1841. Tradução de Milton Amado. Belo Horizonte/São Paulo: Itatiaia/EDUSP, 1975.

POHL, Joahann Emmanuel. Viagem no interior do Brasil. Tradução de Milton Amado e Eugênio Amado. São Paulo: EDUSP, 1976.

SAINT-HILAIRE, August de. Viagem à província de Goiás. Tradução de Regina Regis Junqueira. Belo Horizonte/São Paulo: Itatiaia/EDUSP, 1975.

SAMPAIO, Theodoro. O tupi na geografia nacional. 5ª ed. corrigida e aumentada. São Paulo: Nacional, 1987.

SAPIR, Edward. El lenguage. México: Fondo de Cultura Econômica, 1969.




DOI: http://dx.doi.org/10.13102/cl.v20i1.4738

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Universidade Estadual de Feira de Santana

A Cor das Letras está indexada em: 
 
 

A Revista A Cor das Letras está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

ISSNe 2594-9675 
ISSN-L 1415-8973