Os multiletramentos na educação do/no campo: uma leitura interdisciplinar do trabalho docente

Marta Divina Pereira da Silva, Rosineide Magalhães de Sousa

Resumo


Este trabalho tem como objetivo observar como professoras de língua materna articulam o ensino ao caráter interdisciplinar. Utilizou-se como instrumento de pesquisa o questionário investigativo para coleta de dados e compreensão, no discurso das professoras, se as práticas em sala de aula estavam relacionadas aos aspectos sociolinguísticos. O aporte teórico para triangulação de dados foi a Análise do Discurso Crítica, o Letramento e a Sociolinguística. Desta forma, compreendeu-se o quão é necessária a pesquisa de campo para o reconhecimento da realidade no espaço escolar e como os docentes veem a prática e os resultados obtidos no ensino da língua materna.


Texto completo:

PDF

Referências


BORTONI-RICARDO, Stella Maris. Educação em língua materna: a sociolinguística em sala de aula. 1ª ed. São Paulo: Parábola, 2004.

_____. O professor pesquisador: introdução à pesquisa qualitativa. 1ª ed. São Paulo: Parábola, 2008.

FAIRCLOUGH, Norman. Discurso e mudança social. 2ª ed. Brasília: Editora da UnB, 2016.

FAZENDA, Ivani. Práticas interdisciplinares na escola. 13ª ed. São Paulo: Cortez, 2013.

GIL, Antônio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 5ª ed. São Paulo: Atlas, 1999.

PIRES, Ângela Monteiro. Educação do campo como direito humano. 1ª ed. São Paulo: Cortez, 2012.

ROJO, Roxane; MOURA, Eduardo. Multiletramentos na escola. 1ª ed. São Paulo: Parábola, 2012.

STREET, Brian Vincent. Letramentos sociais: abordagens críticas do letramento no desenvolvimento, na etnografia e na educação. São Paulo: Parábola, 2014.




DOI: http://dx.doi.org/10.13102/cl.v20i1.4749

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Universidade Estadual de Feira de Santana

A Cor das Letras está indexada em: 
 
 

A Revista A Cor das Letras está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

ISSNe 2594-9675 
ISSN-L 1415-8973