Crenças linguísticas que norteiam a escolha da língua espanhola para o ENEM

Poliana de Oliveira Santos, Eliane Machado Soares

Resumo


O presente artigo objetiva investigar as crenças linguísticas que norteiam a escolha da língua espanhola como língua estrangeira para o ENEM bem como quais destas são predominantes em relação a dada escolha. Como princípios teóricos, as bases são os estudos sociolinguísticos, especificamente os que se referem a crenças linguísticas. São analisadas as bases propostas pelos documentos oficiais para o ensino de língua estrangeira: LDB, Parâmetros Curriculares, OCEM (orientações curriculares para o ensino médio). O corpus da pesquisa é constituído de dados coletados na cidade de Jacundá-PA, com 20 informantes (19 alunos do Ensino Médio – 3º ano, 1 professora – habilitada em Inglês e Espanhol) da Escola Arte de Educar de Jacundá (instituição privada), a partir de entrevistas gravadas e, posteriormente, transcritas. Utilizou-se como instrumento um questionário contendo cinco perguntas para avaliar e alcançar o objetivo inicialmente proposto.

 


Texto completo:

PDF

Referências


BARCELOS, Ana Maria Ferreira. Cognição de professores e alunos: tendências recentes na pesquisa de crenças sobre ensino e aprendizagem de línguas. In: BARCELOS, Ana Maria Ferreira; ABRAHÃO, Maria Helena Vieira (Orgs). Crenças e ensino de línguas: foco no professor, no aluno e na formação de professores. Campinas: Pontes, 2006, p. 15-42.

BARCELOS, Ana Maria Ferreira; KALAJA, P. Introduction: beliefs about SLA revisited. Special Issue of System, v. 39, p. 281-289, 2011.

GOETTENAUER, Elzimar. Espanhol: língua de encontros. In: SEDYCIAS, João (Org.). O ensino do espanhol no Brasil: passado, presente e futuro. São Paulo: Parábola, 2005.

LABOV, William. The social stratification of English in New York City. Cambridge: Cambridge University Press, 1966.

MEILLET, Antoine. Linguistique historique et linguistique generale. Paris: Champion, 1965.

MORENO FERNÁNDEZ, Francisco. Principios de sociolingüística y sociología del lenguaje. Barcelona: Editorial Ariel S. A., 1998.

OCEM. Orientações Curriculares do Ensino Médio. Brasília: MEC/SEMTEC. 2006.

PAJARES, F. M. Teachers beliefs and educational research: cleaning up a messy construct. Review of Educational Research, v. 62, n. 3, p. 307-332, 1992.




DOI: http://dx.doi.org/10.13102/cl.v20i1.4750

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Universidade Estadual de Feira de Santana

A Cor das Letras está indexada em: 
 
 

A Revista A Cor das Letras está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

ISSNe 2594-9675 
ISSN-L 1415-8973