ASSISTÊNCIA INTEGRAL À SAÚDE DE MULHERES DAS MINORIAS SEXUAIS E DE GÊNERO

Elielma Almeida Alvin de Melo

Resumo


Eixo Temático: Gênero e Sexualidade
Introdução: O Sistema Único de Saúde no Brasil primou a Saúde como um direito de todos e dever do Estado, porém as minorias sexuais e de gênero (LGBTQ+) não tinham qualquer política firmada e direcionada para eles. Na medida em que esse público ganhou visibilidade e começou a se legitimar, exatamente em dezembro de 2011 foi criada a Política Nacional de Saúde Integral de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais, pela Portaria nº 2.836, de 1º de dezembro de 2011.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13102/coego.v0i1.4780

Apontamentos

  • Não há apontamentos.