O LANÇAMENTO DA LÁPIS DE OURO ou Dona Flor e seus dois maridos chega a Feira de Santana

Benedito Veiga

Resumo


O lançamento de Dona Flor e Seus Dois Maridos, de Jorge Amado, realizado na Livraria Lápis de Ouro, em Feira de Santana, no ano da estréia da narrativa, em 1966, utiliza os recursos da mídia local e os da capital do Estado da Bahia – o jornalismo, sobretudo, – no preparo, efetivação e registro do acontecimento. Por se tratar do primeiro ato de divulgação do livro fora das capitais brasileiras, outros lances são ainda ativados: o reconhecimento do autor da obra, o colorido da política municipal e a representatividade da liderança sócio-cultural da região presente ao ato, o que anteveria as possibilidades de desdobramentos intelectuais futuros da comunidade feirense.

Palavras-chave


divulgação literária; Jorge Amado;jornalismo

Texto completo:

PDF

Referências


ANTÔNIO JOSÉ. Informes de Antônio José. Diário de Notícias, Salvador, 16 jul. 1966. Caderno 2, p. 5.

ANTÔNIO JOSÉ. Jorge autografa na Supercity. Diário de Notícias, Salvador, 21 jul. 1966. Caderno 2, p. 5.

COHEN, Renato. Performance como linguagem: criação de um tempo-espaço de experimentação. São Paulo: Perspectiva: EDUSP, 1989.

CONDÉ, José. Escritores e livros. Correio da Manhã, Rio de Janeiro, 21 jun. 1966. Caderno 2, p. 2.

DÓREA, Juraci. O presépio sertanejo de Cristina dos Santos. In: Légua & meia: Revista de literatura e diversidade cultural. Programa de Pós-Graduação em Literatura e Diversidade Cultural da Universidade

Estadual de Feira de Santana. Feira de Santana: v. 3, nº 2, 2004. p. 101-114.

FERNANDES, Hélio. Fatos e rumores. Tribuna da Imprensa, Rio de Janeiro, 19 maio 1966. Caderno 1, p. 3.

INSTITUTO BAIANO DE EXPANSÃO CULTURAL. Perfil analítico dos municípios. Salvador: IBEC, 1974.

JULI. Sociedade, p. 6. A Tarde, Salvador, 28 jul. 1966.

LAMENHA, Sylvio. HI-SO. Diário de Notícias, Salvador, 20 jul. 1966. Caderno 2, p. 3.

LAMENHA, Sylvio. HI-SO. Diário de Notícias, Salvador, 21 jul. 1966. Caderno 2, p. 3.

NOTÍCIA DE REDAÇÃO. Diário de Notícias, Salvador, 15 jul. 1966. Caderno 1, p. 6.

NOTÍCIA DE REDAÇÃO. Jorge Amado leva “Dona Flor” a Feira. Diário de Notícias, Salvador, 20 jul. 1966.

Caderno 1, p. 4.

NOTÍCIA DE REDAÇÃO. Corre um rio de lágrimas, p. 2. Jornal da Bahia, Salvador, 20 jul. 1966.

NOTÍCIA DE REDAÇÃO. Dona Flor vai a Feira, p. 2. Jornal da Bahia, Salvador, 20 jul. 1966.

NOTÍCIA DE REDAÇÃO. Sucesso de “Dona Flor” em Feira. Diário de Notícias, Salvador, 23 jul. 1966. Caderno 1, p. 6.

NOTÍCIA DE REDAÇÃO. Tarde de autógrafos. Folha do Norte, Feira de Santana, 23 jul. 1966.

PADRE, Mario. Através do Brasil. (Diário de viagem). Rio de Janeiro: 1979.

POPPINO, Rollie E. Feira de Santana. Tradução Arquimedes Pereira Guimarães. Salvador: Itapuã, 1968.

SANTIAGO, Silviano. Uma literatura nos trópicos: ensaios sobre dependência cultural. 2. ed. Rio de Janeiro: Rocco, 2000.

SILVEIRA, Junot. Livros, p. 5. A Tarde, Salvador, 13 jul. 1966.

SIMÕES, Guilherme. Sociedade, fatos e gente, p. 2. Jornal da Bahia, Salvador, 21 jul. 1966.




DOI: http://dx.doi.org/10.13102/lm.v3i1.1985

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista Légua & Meia

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

A Revista Légua & Meia está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.