O FIO E A TRAMA: SOBRE LITERATURA E PSICANÁLISE – “O CASO FREUD”

Alzira Tude Sa

Resumo


A invenção da psicanálise por Freud abriu um campo fértil na relação com a literatura. Sua formação cultural, seu estilo literário, seu senso de observação do mundo permitiram-lhe construir uma teoria dos comportamentos humanos atualizando os grandes mitos da literatura. A leitura dos textos O narrador: considerações sobre Nikolai Leskov, de Walter Benjamin, e Atos ficcionais em Freud, de Roberto Corrêa dos Santos, foi tomada como referencial para o estudo e a análise dessa relação que, de forma visceral, foi estabelecida e responsável por uma das maiores buscas e “encontros” do homem consigo mesmo: a psicanálise freudiana.

 


Palavras-chave


Literatura. Psicanálise. Sigmund Freud.

Texto completo:

PDF

Referências


BARTHES, Roland. A morte do autor. In: O rumor da língua. Lisboa: Edições 70, 1984. p. 45-54.

BENJAMIN, Walter. O narrador. Considerações sobre a obra de Nicolai Leskov. In: Obras completas. Magia e técnica, arte e política. São Paulo: Brasiliense, 1989. V.1. p. 197-221.

anos de Freud. S.n.t. Disponível em: www.nivaldocordeiro.org/150anosdefreud. html. Acesso em: 31/10/2006.

COLUCCI, Vera Lúcia. O que se transmite da escrita de Freud? São Paulo: UNICAMP, 2006. Programa de Doutorado do IEL. Disponível em www.fundametapsychopathology.org/anais2006/4.28.3.3 html. Acesso em: 31/10/2006.

EAGLETON, Terry. A psicanálise. In: Teoria da literatura; uma introdução. São Paulo: Martins Fontes, 2006. p. 227-292.

FREUD, Sigmund. Edição eletrônica brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud. Rio de Janeiro: Imago, 1969. Disponível em CD-ROM.

HANNS, Luiz Alberto. Uma nova tradução das obras de Freud. Estados Gerais da Psicanálise: Segundo Encontro Mundial, Rio de Janeiro, 2003.

SANTOS, Roberto Corrêa dos. Atos ficcionais em Freud. In: Modos de saber, modos de adoecer; o corpo, a arte, o estilo, a história, a vida, o exterior. Belo Horizonte: Editora UFMG, 1999.

SOUZA, Paulo César. FREUD, clássico e pessoal. Entrevista. S.n.t.

TEIXEIRA, Leônia Cavalcante. O lugar da literatura na constituição da clínica psicanalítica em Freud. PSYCHÉ, Universidade São Marcos, ano IX, n. 16, jul/dez., 2005. p. 115-132.




DOI: http://dx.doi.org/10.13102/lm.v9i1.3511

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Légua & Meia

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Indexadores:

 Resultado de imagem para crossref