Carlos Heitor Cony e a vida literária brasileira: uma pesquisa no arquivo do escritor

Marina Silva Ruivo

Resumo


O membro da Academia Brasileira de Letras Carlos Heitor Cony escreveu e publicou quase vinte romances, bem como crônicas, contos, reportagens e infantojuvenis, dentre outros gêneros literários. Manteve também uma longa atuação no jornalismo, fazendo parte de importantes veículos da imprensa, como o Correio da Manhã, nos anos 1960, e a Folha de S.Paulo, desde os anos 1990 e até o final de 2017. Neste artigo apresenta-se uma primeira abordagem a respeito do trabalho de pesquisa que vem sendo desenvolvido junto ao arquivo pessoal do escritor, localizado na sua residência, na cidade do Rio de Janeiro. A pesquisa objetiva, fundamentalmente, mapear sua participação na vida literária brasileira das décadas de 1950 e 60. Ressalte-se desde já que a noção de vida literária está sendo entendida a partir de Broca (2005) e Moriconi (2006) e será explicitada ao longo do artigo. Como uma abordagem introdutória, são fornecidos elementos da trajetória do autor, que esteve ativo desde a segunda metade dos anos 50 e faleceu em janeiro deste ano de 2018. A seguir, perpassam-se as discussões centrais à área dos acervos e arquivos de escritores, a partir de Artières (1998), Marques (2003), Souza (2008; 2009) e Tanno (2007), sobretudo, e assim aborda-se o próprio lugar das pesquisas em arquivos e acervos no cenário da história literária e cultural. Discute-se ainda como as práticas de arquivamento de si configuram-se como exercícios de construção de imagens de si, além de outras noções que precisam ser levadas em conta quando se trabalha com material tão rico, diversificado e pleno de subjetividade quanto um arquivo pessoal. Por fim, são apresentadas as características gerais do arquivo de Cony, destacando alguns dos materiais nele presentes, bem como as dificuldades e desafios que vêm sendo encontrados no decorrer da pesquisa, que ainda está em estágio inicial.


Palavras-chave


arquivo; escritor; Carlos Heitor Cony; vida literária

Texto completo:

PDF

Referências


ARTIÈRES, Philippe. Arquivar a própria vida. Revista Estudos históricos, Rio de Janeiro, v. 11, n. 21, jul. 1998, p. 9-34.

BARROS E SILVA, Fernando. Cony aceita sua travessia. Ilustrada, Folha de S.Paulo, São Paulo, 14 mar. 1997.

BORDINI, Maria da Glória. O Acervo dos Escritores Sulinos e a memória literária brasileira. Patrimônio e Memória, Assis, FCLas, Cedap, Unesp, v. 4, n. 2, jun. 2009, p. 35-54.

BOURDIEU, Pierre. A ilusão biográfica. In: AMADO, Janaína & FERREIRA, Marieta de M. (orgs.). Usos & abusos da história oral. Rio de Janeiro: FGV, 1996, p. 183-91.

BROCA, Brito. A vida literária no Brasil – 1900. Rio de Janeiro: José Olympio/Academia Brasileira de Letras, 2005 [1956].

BUENO, Raquel Illescas. Os invólucros da memória na ficção de Carlos Heitor Cony. Rio de Janeiro: Academia Brasileira de Letras, 2008.

CASTRO, Ruy. “‘Pessach’, de Cony, fura um silêncio de 30 anos”. Caderno 2, O Estado de S. Paulo, p. D-3, 8 mar. 1997.

COLOMBO, Sylvia. Cony volta a se render a Pilatos. Ilustrada, Folha de S.Paulo, São Paulo, 10 mar. 2001, p. E8. Disponível em . Acesso em: 23 jul. 2018.

CONY, Carlos Heitor. O ato e o fato. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1964.

GASPARI, Elio. A ditadura envergonhada. São Paulo: Companhia das Letras, 2002.

HEYMANN, Luciana Quilllet. Indivíduo, memória e resíduo histórico: uma reflexão sobre arquivos pessoais e o caso Filinto Müller. Revista Estudos Históricos, Rio de Janeiro, v. 10, n. 19, jul. 1997, p. 41-60.

MARQUES, Reinaldo. O arquivamento do escritor. In: SOUZA, Eneida Maria de; MIRANDA, Wander Mello (orgs.). Arquivos literários. São Paulo: Ateliê Editorial, 2003, p. 151-156.

MITIDIERI, André Luis; PIAIA, Miquela. Crítica cultural e biografia: esparsos e inéditos de Mario Quintana. In: 3º Colóquio do Grupo de Estudos Literários Contemporâneos: um cosmopolitismo nos trópicos e 100 anos de Afrânio Coutinho: A crítica literária no Brasil, 3, 2012, Feira de Santana. Anais. Feira de Santana: Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), 2012, p. 61-77.

MORICONI, Ítalo. Circuitos contemporâneos do literário (Indicações de pesquisa). Gragoatá, Niterói, Instituto de Letras da Universidade Federal Fluminense, n. 20, 1º sem. 2006, p. 147-63.

PELLEGRINI, Tânia. Gavetas vazias: ficção e política nos anos 70. Campinas/São Paulo: Mercado de Letras/Editora da UFSCar, 1996.

RUIVO, Marina Silva. “Uma certa maneira de desejar a liberdade”: caminhos da literatura de Carlos Heitor Cony no pós-64. 2012. 346 f. Tese (Doutorado). – Programa de Pós-Graduação em Letras (Literatura Brasileira), Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, 2012.

SANTOS, Kleber Pereira dos. Da paixão inútil: o existencialismo na escrita de Carlos Heitor Cony. 2008. 238 f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Letras (Teoria Literária), Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, 2008.

SCHWARZ, Roberto. Cultura e política, 1964-1969. In: ______. O pai de família e outros estudos. 2. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1978, p. 61-92.

SOUZA, Eneida. Crítica genética e crítica biográfica. Patrimônio e Memória, Assis, FCLas, Cedap, Unesp, v. 4, n. 2, jun. 2009, p. 129-38, p. 1.

_____. A biografia, um bem de arquivo. Alea: Estudos Neolatinos, Rio de Janeiro, Programa de Pós-Graduação em Letras Neolatinas, Faculdade de Letras da Universidade Federal do Rio de Janeiro, v. 10, n. 1, jan./jun. 2008, p. 121-9.

TANNO, Janete Leiko. Os acervos pessoais: memória e identidade na produção e guarda dos registros de si. Patrimônio e Memória, Assis, FCLas, Cedap, Unesp, v. 3, n. 1, 2007, p. 101-11.




DOI: http://dx.doi.org/10.13102/lm.v10i1.3631

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Légua & Meia

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Indexadores:

 Resultado de imagem para crossref