O sertão e a guerra de canudos em diálogo: percepções ficcionais em José de Alencar, Euclides da Cunha e Vargas Llosa

Francisco Lima Baca, Claudio Cledson Novaes

Resumo


Neste artigo estabelecemos um diálogo sobre a categoria narrativa de sertão, problematizando algumas teorias críticas da formação de identidades literárias; analisamos aspectos do romance de José de Alencar, O sertanejo, como transfiguração da natureza da região e uma idealização do espaço físico e geográfico do sertão no século XIX; em contraponto com a descrição desta mesma realidade na crônica positivista do jornalista Euclides da Cunha, Os sertões, como transição para o século XX; por fim, cotejando estas transfigurações narrativas com o romance histórico de Mario Vargas Llosa, La guerra del fin del mundo, escrito final do século XX, a partir de perspectivas literárias que enfocam a complexidade cultural contemporânea em movimentos sociais que reverberam uma política identitária latino americana a partir da literatura.


Palavras-chave


Literatura; Sertão; Transfiguração; Diálogo.

Texto completo:

PDF

Referências


ALENCAR, José de. O Sertanejo, em José de Alencar, Obra completa. Volume III. Romance histórico, Lendas indianistas, Romance regionalista e Fragmentos, Rio de Janeiro, Editora José Aguilar, 1958.

ALENCAR, José de. “Cartas ao Sr. José Serra” do texto “O nosso cancioneiro”, em José de Alencar, Obra completa. Volume IV. Teatro, Poesia, Crônica, Ensaios literários, Escritos políticos e Epistolário, Rio de Janeiro, Editora José Aguilar, 1958.

AUERBACH, Erich. “Fortunata”, em Mimesis. A representação da realidade na literatura ocidental. São Paulo, Editora Perspectiva, 2004.

CANDIDO, Antonio. “Dialética da malandragem (Caracterização das Memórias de um sargento de Milícias)”, em Manuel Antônio de Almeida, Memórias de um Sargento de Milícias. São Paulo, Círculo do Livro; Grandes da Literatura Brasileira, 15, S/D

COUTINHO, Eduardo F; e CRAVALHAL, Tânia Franco (Orgs.) Literatura comparada. Textos Fundadores, Rio de Janeiro, Rocco, 1994.

COUTINHO, Afrânio. “Os Sertões, obra de ficção”, em Euclides da Cunha, Obra completa. Volume II. Estudo liminar, Ciclo D’os Sertões, Apéndices, Rio de Janeiro, Companhia José Aguilar Editora, 1966

CUNHA, Euclides da. Os Sertões em Euclides da Cunha, Obra completa. Volume II. Estudo liminar, Ciclo D’os Sertões, Apéndices, Rio de Janeiro, Companhia José Aguilar Editora, 1966.

FLECK, Gilmei Francisco. O romance histórico contemporâneo de mediação: entre tradição e deconstrucionismo – releituras críticas da história pela ficção. Curitiba, Editora CRV, 2017.

FONSECA, Aleilton. O pêndulo de Euclides. São Paulo, Bertrand Brasil, 2009.

FREYRE, Gilberto. “Euclides da Cunha. Revelador da realidade brasileira” em Euclides da Cunha, Obra completa. Volume I. Introdução geral, Ensaios, estudos e artigos, Crônica, Poesia, Números e Diagramas, Rio de Janeiro, Companhia José Aguilar Editora, 1966.

LLOSA, Mario Vargas. La historia secreta de una novela. Barcelona, Tusquest Editor, 1971.

LLOSA, Mario Vargas. La guerra del fin del mundo. Barcelona, Editorial Seix Barral, 1981.

LEITE, Dante Moreira. O caráter nacional brasileiro: história de uma ideologia. 5.ed. São Paulo: Ática, 1992.

LUCÁKS, György. O romance histórico. São Paulo, Boitempo Editorial, 2015.

MÁRQUEZ, Gabriel García y LLOSA, Mario Vargas. Diálogo sobre la novela Latinoamericana. Lima, Editorial Perú Andino, 1988.

OLIVEIRA, Franklin de. “Euclides da Cunha”, em A literatura no Brasil. Vol. III, Realismo-Naturalismo-Parnasianismo, Rio de Janeiro, Editorial Sul Americana, 1969.

PROENÇA, Cavalcante. “Nota preliminar” em José de Alencar, Obra completa. Volume III. Romance histórico, Lendas indianistas, Romance regionalista e Fragmentos, Rio de Janeiro, Editora José Aguilar, 1958.

RAMA, Rama. “La guerra del fin del mundo»: una obra maestra del fanatismo artístico” en RAMA, Angel. La crítica de la cultura en América Latina. Venezuela, selección y prólogo de Saúl Sosnowski y Tomás Eloy Martínez, Biblioteca Ayacucho, 1985.

SÁNCHEZ, Alberto Ruy. “Prólogo”, em José Martínez Sotomayor, Trama de ventos. Cuentos y relatos completos. Volumen 1, México, Colección Biblioteca, 1987.




DOI: http://dx.doi.org/10.13102/lm.v9i1.4582

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Légua & Meia

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

A Revista Légua & Meia está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.