MONITORAMENTO, ESPACIALIZAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DOS MOVIMENTOS DE MASSA NAS ENCOSTAS DA RODOVIA BA 099 (SUBAUMA-IMBASSAÍ)

Aliana da Silva Mendes

Resumo


No litoral do Nordeste do Brasil, a unidade estratigráfica denominada Formação Barreiras é constituída de sedimentos que datam do Neógeno e afloram ao longo de toda área costeira. A BA-099, também conhecida como Linha Verde, possui em suas margens, várias encostas compostas por sedimentos da Formação Barreiras. A essa formação, vários autores propõem que ela foi marco de eventos do neotectonismo no Brasil, apresentando zonas de fraqueza, o que possibilita a ocorrência de movimentos de massas. Isso requer, portanto, trabalhos de contenção, que evitem obstrução das estradas, principalmente nos períodos chuvosos. Nos últimos anos, vários trabalhos voltados para as causas do recuo de encostas e, consequentemente movimentos de massa nas encostas da BA099, litoral Norte da Bahia, têm sido desenvolvidos (DANTAS ET AL, 2007; DANTAS & LIMA, 2008; LIMA ET AL 2008; LIMA 2010).

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13102/semic.v0i21.2230

Apontamentos

  • Não há apontamentos.