ASSOCIAÇÃO ENTRE PERIODONTITE E BAIXO PESO AO NASCER: ESTUDO RETROSPECTIVO REALIZADO EM PUÉRPERAS DE 2005 A 2015 NO MUNICÍPIO DE FEIRA DE SANTANA

Ananda Lobo Pedreira Costa

Resumo


As doenças periodontais representam um dos principais problemas de saúde bucal em todo o mundo (JIN et al., 2011). Consistem em um processo inflamatório no tecido periodontal, resultante do acúmulo de biofilme bacteriano na superfície dentária, sendo a sua ocorrência associada a condições socioeconômicas desfavoráveis, comportamentos prejudiciais à saúde como tabagismo, alcoolismo, dieta insatisfatória, higiene bucal deficiente e dificuldade de acesso aos serviços de saúde (GROSSI et al., 1995; VAN DYKE; VAN WINKELHOFF, 2013)
Nos últimos anos, foram realizados estudos que investigaram a possível correlação entre a presença de doenças periodontais e alterações sistêmicas, como desordens cardiovasculares, diabetes mellitus, osteoporose, infecções no trato respiratório, parto prematuro e baixo peso ao nascer, o que propiciou o surgimento de uma nova área de pesquisa comumente chamada de Medicina Periodontal ou Periodontia Médica (BRUNETTI; MORAES; MORAIS, 2007; SEYMOUR et al., 2007).
Ainda que as alterações periodontais sejam bastante prevalentes na população, elas podem ser observadas com maior frequência em algumas situações, como no período gestacional. O grande aumento dos níveis hormonais na gravidez ocasiona mudanças fisiológicas importantes no organismo da mulher, inclusive afetando o periodonto e levando à exacerbação ou ao estabelecimento de gengivites ou periodontites (GÜNCÜ; TÖZÜM; ÇAGLAYAN, 2005) A gestante torna-se mais sensível a algumas infecções, como as do trato genitourinário, que estão associadas a um aumento no risco de complicações gestacionais (HILLIER et al., 1995; MILANEZ, 2005).
Diante do exposto, o presente trabalho pretende avaliar a associação entre periodontite e baixo peso ao nascer em puérperas avaliadas em um período de dez anos no município de Feira de Santana.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13102/semic.v0i21.2283

Apontamentos

  • Não há apontamentos.