Levantamento Florístico de Briófitas no Município de Mucugê, Bahia, Brasil

Jeane de Lima Barbarino

Resumo


Conhecidas como criptógamas por apresentarem os órgãos reprodutores escondidos, as
briófitas também se caracterizam por serem avasculares, devido à ausência de vasos
condutores (xilema e floema), assim a condução de nutrientes e sais minerais acontecem por
osmose (Brito & Pôrto, 2000). São plantas de poste pequeno que preferem locais úmidos pois
necessitam de água para realizar a fecundação (Costa et al.,2010). Possuem estruturas simples
que se resumem basicamente em pé, seta e cápsula (correspondentes aos esporófitos), mas
apresentam algumas restrições, como por exemplos os antocéros não possuem setas; os
musgos têm divisões na cápsula, que é mais evidenciada que nas outras divisões, algo que é
muito importante no ato da identificação dos grupos (Bordin & Yano, 2009).
Existem cerca de 23 000 espécies no mundo, dessas 3 125 são citadas no Brasil (Costa
et al., 2010) e na Bahia são encontradas 483 espécies, sendo o estado nordestino onde
encontram-se a maior riqueza brioflorística (Silva & Pôrto, 2014). A cidade de Mucugê, na
Bahia, possui um clima bastante propenso para essa vegetação, mas ainda não existe nenhum
artigo publicado com foco sobre as briófitas dessa área, que tem aplicações diversas, como
por exemplo medicinais, bioindicadores de poluição e de depósitos de minerais (Brito &
Pôrto, 2000: 13).
Nos catálogos das briófitas do Brasil (Yano 1981; 1984; 1989; 1995; 1996a; 2006;
2008), e em Valente & Pôrto (2006) Yano & Bastos (1994), Yano & Peralta (2006) e Peralta
& Vital (2006) são encontradas citações isoladas da Chapada Diamantina, além de Valente
(2010) que é um trabalho voltado apenas para a Chapada Diamantina, mas o Município de
Mucugê não é incluso em nenhum deles e por isso este trabalho é voltado para essa região,
que ainda é uma lacuna no conhecido da diversidade das Briófitas.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13102/semic.v0i21.2362

Apontamentos

  • Não há apontamentos.