ASPECTOS DA AGRESSIVIDADE EM Polistes canadensis (LINNEAUS) (HYMENOPTERA: VESPIDAE)

Philippe Meireles Queiroz

Resumo


Na etologia, são reconhecidos dois tipos de explicações causais para os comportamentos dos animais: as explicações proximais apelam para variáveis motivacionais, experiências e genótipos, como causas, enquanto que as explicações finais referem-se a pressões de seleção e outros fatores que causam a evolução do comportamento (MAYR, 1961). As variáveis motivacionais, representam estímulos externos (de entrada no sistema) como as condições climáticas, que podem ser usados para explicar o comportamento dos animais (ENQUIST et al., 2005). Assim como os padrões rítmicos de atividades diárias em alguns insetos para o forrageio de abelhas, detalhados em alguns estudos, com Melipona scutellaris e Frieseomelitta doederleini (GOUW & GIMENES, 2013), logo, é necessário realizar mais pesquisas com outros comportamentos associando com os fatores climáticos para que possa entender suas causas proximais.
O sistema de dominância tem uma grande importância na vida dos animais sociais, governando não apenas o padrão de sua interação social, mas onde e quando eles se movem ou descansam, onde e o que eles comem, e com que sucesso eles se reproduzem (ROWEL, 1974). Assim a agressão é um comportamento muito presente em algumas vespas, como em Polistíneos, onde a rainha e as operárias, as utilizam para estabelecer um sistema de dominância. Em trabalhos com Poliste galicus, Polistes canadensis e Polistes fuscatus foi possível observar um sistema de dominância linear, entre os membros da colônia, a partir de atividades agressivas (PARDI, 1948; WEST-EBERHARD, 1969).
Sendo assim, este projeto teve como objetivo, analisar vários aspectos associados com o comportamento agressivo de Polistes canadensis na colônia, levando-se em conta a influência dos fatores externos (intensidade luminosa, umidade relativa e temperatura) e internos (número de indivíduos e células no ninho, número de ninhos satélites) ao longo do dia e de diferentes meses do ano.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13102/semic.v0i21.2370

Apontamentos

  • Não há apontamentos.