CHECKLIST DA FLORA FANEROGÂMICA OCORRENTE NA CAATINGA DE CANUDOS, BAHIA

Andrezza Lóren de Goes Nascimento

Resumo


O Semiárido brasileiro corresponde basicamente à delimitação do bioma Caatinga e está praticamente incluído no Nordeste do Brasil, juntamente com o norte de Minas Gerais, na região Sudeste, correspondendo a mais de 10% do território brasileiro (Moura & Campos 2004).
A Caatinga tem sua flora fanerogâmica estimada em 4.753 espécies (913 endêmicas), 1.226 gêneros e 173 famílias (BFG, 2015; Flora do Brasil 2020). As famílias Fabaceae, Orchidaceae, Asteraceae, Poaceae e Rubiaceae, são consideradas as com maior diversidade nesse bioma (Lewinsohn & Prado, 2005).
A vegetação do semiárido oferece diversos benefícios ambientais, econômicos e sociais, mas apesar de toda essa importância e dos inventários já realizados na região, muitas áreas ainda são pouco ou completamente desconhecidas do ponto de vista florístico, pelo menos no que diz respeito a certos grupos vegetais (Giulietti & Queiroz 2006).
Inventários florísticos são de extrema importância para o conhecimento da vegetação local e regional, fornecendo subsídios para outras pesquisas, a exemplo dos estudos palinológicos envolvendo apicultura, meliponicultura e outros voltados para conservação e manejo de polinizadores. O presente trabalho teve como objetivo principal apresentar um checklist atualizado da flora fanerogâmica ocorrente na caatinga de Canudos, inserida da ecorregião do Raso da Catarina (Velloso et al. 2002), com indicação de espécies endêmicas e apícolas existentes na região.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13102/semic.v0i21.2385

Apontamentos

  • Não há apontamentos.