PALINOTECA FANEROGÂMICA NO ÂMBITO DO PROGRAMA DE PESQUISA EM BIODIVERSIDADE DO SEMIÁRIDO (PPBIO SEMIÁRIDO)

Hémilly Marques Seixas

Resumo


O desenvolvimento de estudos florísticos em hotspots no Semiárido do Nordeste é um dos principais objetivos do Programa de Pesquisa em Biodiversidade do Semiárido (PPBio Semiárido), os quais além de aumentar o conhecimento da flora regional, contribui fortemente para a formação de pessoal capacitado. Dados sobre a biodiversidade vegetal no Semiárido podem ser bastante ampliados, se analisadas as informações contidas nas coleções de herbários pouco acessados, além de muitos dados ainda não publicados.
Dentre as coleções biológicas, aquelas com material microscópico conferido em laminários – como as de grãos de pólen – são raramente priorizadas. Os grãos de pólen representam uma fase da vida de algumas plantas (Gimnospermas e Angiospermas) de reduzido tamanho e duração. Contudo, por serem portadoras em sua estrutura de uma substância única – a esporopolenina – que tem grande resistência química, sua “parede” pode resistir por milhões de anos em ambientes não-oxidativos (Traverse, 1988). Essa propriedade lhes confere importância como marcadores ambientais, pois é possível o estudo dos grãos de pólen e esporos da flora atual ou passada (fóssil) a partir de um estudo de sítios fossilíferos ou mesmo de sedimentos recentes ou qualquer outro material que os contenha. Assim, os produtos apícolas de todos os tipos, os sedimentos lacustres e até algumas rochas com material polínico incrustado podem ser estudados para, a partir de sua constituição palinológica, se tecer considerações associada à sua flora de origem.
Esse contexto atribui à coleção palinológica uma grande importância principalmente como uma biblioteca de referências para diversos outros estudos associados (Gonçalves-Esteves et al., 2014). O momento atual tem exigido a elaboração de coleções biológicas também virtuais, nas quais são montados bancos de imagens disponibilizados on line para que qualquer pessoa tenha acesso a informação.
Sendo assim, principal objetivo dessa proposta foi a ampliação e elaboração de um banco de imagens para a Palinoteca da UEFS nos limites do Semiárido, incluindo diferentes grupos de fanerógamas, em áreas previamente selecionadas pelo PPBio Semiárido como prioritárias por serem detentoras de grande biodiversidade.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13102/semic.v0i21.2388

Apontamentos

  • Não há apontamentos.