USO DE MAPEAMENTO GEOTÉCNICO PARA CARACTERIZAÇÃO DAS ESTRADAS VICINAIS DE JAÍBA, FEIRA DE SANTANA- BA.

Nadine Jesus Santos

Resumo


As estradas vicinais são vias não pavimentadas, de uma só pista com baixo
volume de tráfego diário, mais conhecidas como estrada de chão. Estas estradas são
desprovidas de qualquer tipo de tratamento superficial, betuminoso ou de cimento,
tendo, geralmente, sua camada superficial constituída por solo local, às vezes em
mistura com agregado granular (ODA et al., 2001 apud JÚNIOR, H. H). No Brasil há
uma predominância de estradas não pavimentadas, segundo o Departamento Nacional
de Infraestrutura de Transportes (DNIT).
As estradas vicinais possuem grande importância para a área urbana e rural do
Brasil, as mesmas são de grande relevância tanto para a mobilidade como também
econômica e ambiental. Esses tipos de estradas são as principais formas de locomoção
para os moradores das áreas rurais. Esse tipo de estrada é a principal via de ligação entre
o povoado e a sede do distrito, é exclusivamente a única forma de acesso para estudar,
trabalhar, ir ao médico e transportar produtos agrícolas dos pequenos produtores.
A má condição dessas vias traz transtornos para os usuários e para os moradores
da localidade, pois às condições das mesmas, afetam o dia a dia das pessoas que
dependem da estrada e ainda impossibilitam as melhorias necessárias para os povoados.
O estudo sobre o estado de conservação das estradas vicinais do distrito de Jaíba
se faz necessário, pois busca identificar os principais problemas físicos ocasionados pela
falta de manutenção adequada.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13102/semic.v0i21.2468

Apontamentos

  • Não há apontamentos.