RESOLUBILIDADE NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA A PARTIR DA ATUAÇÃO DO NÚCLEO DE APOIO SAÚDE DA FAMÍLIA

Alexia Nascimento Matos Freitas

Resumo


A Estratégia Saúde da Família (ESF) tem como objetivo reorganizar a prática da atenção à saúde em novas bases e substituir o modelo tradicional, levando a saúde para mais perto das famílias e, com isso, melhorar a qualidade de vida da população (BRASIL, 2010). Com a finalidade de apoiar a inserção da ESF na rede de serviços, melhorando sua atuação, bem como ampliando a abrangência e a resolubilidade, a territorialização e a regionalização, foi criado o Núcleo de Apoio a Saúde da Família (NASF), por meio da Portaria nº 154, de 24 de janeiro de 2008 (BRASIL, 2008).
Logo, o NASF deve contribuir para que ocorra essa resolubilidade atuando juntamente com a equipe da ESF na Atenção Básica. Diante disso, este trabalho tem como objetivo geral analisar as mudanças ocorridas na ESF na perspectiva da resolubilidade dos problemas de saúde demandados pelos usuários a partir da implantação do NASF e como objetivos específicos compreender a articulação e/ou desarticulação entre os profissionais do NASF e a equipe da ESF para a resolubilidade das demandas de saúde dos usuários e compreender a articulação e/ou desarticulação do NASF com a rede de atenção à saúde.
Portanto, esse estudo justifica-se pela necessidade de compreender o modo de atuação do NASF no que tange a resolubilidade da atenção a saúde, pois acredita-se que o NASF, apesar dos desafios existentes, apresenta-se como uma proposta interessante para cumprir a função do apoio técnico-pedagógico e assistencial, além de fortalecer o desenvolvimento do SUS.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13102/semic.v0i21.2494

Apontamentos

  • Não há apontamentos.