O ACOLHIMENTO REALIZADO PELA EQUIPE DO CAPS AD DE FEIRA DE SANTANA: A PERCEPÇÃO DOS USUÁRIOS

Jaciele de Souza dos Santos

Resumo


O acolhimento é uma tecnologia leve do processo mediador do trabalho em saúde e uma das diretrizes da Política Nacional de Humanização que possibilita a abertura para recepção de demandas dos usuários, visando o encontro entre o sujeito a ser cuidado e o trabalhador (BRASIL, 2006; MERHY, 1997).
O Centro de Atenção Psicossocial Álcool e outras Drogas (CAPS ad) destina-se a pessoas com sofrimento psíquico decorrente do uso, abuso ou dependência de álcool e outras drogas, contendo ações e estratégias direcionadas a redução dos fatores de risco, o fortalecimento de fatores de proteção além da redução de danos (BRASIL, 2004). Silveira (2011) aborda que o estigma social poderia ser definido como uma marca ou um sinal que designaria ao seu portador um status “deteriorado” e, chegando ao ponto de incapacitar o indivíduo para a aceitação social. É preciso inserir discursões e assuntos sobre o uso dependente de álcool e outras drogas e sobre o CAPS ad, já que muitos indivíduos ainda o ver como um lugar para “loucos”, gerando o preconceito social e a não procura dos usuários. Os relatos de pacientes e a curiosidade aguçada de estender meu olhar, enquanto estudante de enfermagem, para as pessoas que buscam atendimento no CAPS ad, por inúmeras situações, me motivaram a estudar esta temática, na perspectiva do acolhimento, em virtude destes indivíduos serem associados à periculosidade e criminalidade. Assim, esta problemática necessita de informação e formação, sendo importante compreender o acolhimento, para que haja um bom acompanhamento do paciente, necessitando que o mesmo seja bem executado desde a porta de entrada e por todos os profissionais. Por tanto, a necessidade do acolhimento aos usuários com problemas decorrentes do uso, abuso ou dependência do crack, álcool e outras drogas, torna-se relevante por conta da visão negativa destes, sendo necessário desmistificar tal percepção não só na sociedade, mas na equipe de saúde que os assiste.
Nesta perspectiva e em consonância com a Política Nacional de Humanização e a sua diretriz do acolhimento, como graduanda em enfermagem, acentuo a importância de compreender a percepção do acolhimento realizado pela equipe do CAPS ad, na visão dos usuários de álcool. Surgindo com isto, o seguinte questionamento: Qual a percepção dos usuários do CAPS ad, do município de Feira de Santana, acerca do acolhimento realizado pela equipe? Assim, este estudo teve como objetivo descrever a percepção dos usuários do CAPS ad, do município de Feira de Santana - BA, acerca do acolhimento realizado pela equipe.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13102/semic.v0i21.2572

Apontamentos

  • Não há apontamentos.