DOENÇAS CRÔNICAS (DIABETES MELLITUS E HIPERTENSÃO ARTERIAL) ENTRE TRABALHADORES DA SAÚDE NA BAHIA: ANÁLISE DE RELAÇÃO COM HÁBITOS DE VIDA E ESTRESSORES OCUPACIONAIS

Eduardo Moreira Novaes Neto

Resumo


A hipertensão arterial e o diabetes mellitus representam dois dos principais fatores de risco para a ocorrência de doenças cardiovasculares que causam alta morbimortalidade na população brasileira. A hipertensão afeta de 11 a 20% da população adulta com mais de 20 anos. O diabetes atinge todas as faixas etárias. Na população adulta, sua prevalência é de 7,6%. Com frequência, essas doenças levam à invalidez parcial ou total do indivíduo, com graves repercussões para a vida dos afetados, sua família e a sociedade. A invalidez pode relacionar-se com a incapacidade para o trabalho, o que aumenta o custo social e econômico dessas doenças (Brasil, 2001).

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13102/semic.v0i21.2633

Apontamentos

  • Não há apontamentos.