Fenologia das espécies de plantas visitadas e sazonalidade de beija-flores no campus da Universidade Estadual de Feira de Santana, Feira de Santana, Bahia

Autores

  • Carolina Figuerêdo Costa

DOI:

https://doi.org/10.13102/semic.vi24.6787

Resumo

Desde a década de 80 vem sendo realizados estudos sobre a interação dos beija-flores com recursos florais, mas a maior parte trata de espécies isoladas ou foram realizados em um período restrito de coleta de dados. Estudos mais detalhados sobre a dinâmica de interações entre espécies que compõem uma comunidade de troquilídeos com recursos florais ainda são escassos e restritos ao bioma Mata Atlântica (Machado & Semir 2006, Piacentini & Varassin 2007). Na Bahia são poucas as investigações feitas sobre a comunidade de beija-flores e sua sazonalidade na região estudada, assim como as plantas que estes usam como recurso alimentar e a fenologia de floração destas (Machado 2009, Machado 2014).

Downloads

Publicado

2021-10-29

Edição

Seção

Ciências Biológicas