Alimentação, uso de recursos e disponibilidade de presas para Trachinotus falcatus, Polydactylus virginicus e Ophioscion punctatissimus (Actinopterygii, Percomorpha) em praia da Ilha de Itaparica, Baía de Todos os Santos, Bahia

Autores

  • Marcelo de Carvalho Júnior

DOI:

https://doi.org/10.13102/semic.vi24.6812

Resumo

As praias marinhas dependem de material alóctone (p.ex.: algas) como principal fonte
de produtividade primária (Dugan et al., 2011), sendo estas, fonte de alimento para
herbívoros pastadores como anfípodas e isópodas, e funcionando também como refúgio
para outros organismos. Para denominar os organismos que habitam um habitat marinho
dominado por macrófitas, onde coexistem animais e plantas epífitas, foi criado o termo
fital, proposto por Remane (1940).

Downloads

Publicado

2021-10-29

Edição

Seção

Ciências Biológicas