A CULTURA ESCOLAR NO COLÉGIO MODELO LUÍS EDUARDO MAGALHÃES NO CONTEXTO HISTÓRICO DE FEIRA DE SANTANA

Autores

  • Erick Wesley Morais dos Santos

DOI:

https://doi.org/10.13102/semic.vi24.6889

Resumo

A partir do final dos anos 1960 e, sobretudo nos anos 1970, o pensamento historiográfico começou a se modificar e ampliar os seus objetos de estudo, bem como suas perspectivas teórico-metodológicas, a fim de que os novos elementos incorporados à oficina do historiador pudessem ser trabalhados. A escola e o ensino de história, então, se converteram em objetos de estudo historiográfico, possibilitando renovações na só teórico-metodológicas, mas também conceituais e analíticas.

Downloads

Publicado

2021-10-29

Edição

Seção

Educação, Letras e Artes