AS RELAÇÕES SOLIDÁRIAS DIANTE DAS DINÂMICAS MERCADOLÓGICAS: SUSTENTABILIDADE E TRANSFORMAÇÃO SOCIAL NO CONTEXTO DE LUTA CONTRA HEGEMÔNICA DAS INICIATIVAS DE ECONOMIA POPULAR E SOLIDÁRIA

Autores

  • Sara de Souza Silva

DOI:

https://doi.org/10.13102/semic.vi24.6999

Resumo

A Economia Popular e Solidária, enquanto economia de dimensão política, se afirma como uma ação na luta pelo fortalecimento da cidadania e do desenvolvimento local, com o objetivo de articular os setores populares para a geração de trabalho e renda, através da prática de incubação de grupos que se organizam sob seus princípios: cooperativismo, associativismo, trocas solidárias, entre outros, que realizam atividades de produção de bens, prestação de serviços justos e consumo solidário.

Downloads

Publicado

2021-10-29

Edição

Seção

Ciências Sociais, Humanas e Filosofia