A CORRUPÇÃO DE CADA UM

Marcelo Penteado Coelho

Resumo


Sem questionar a veracidade das acusações e denúncias de corrupção na história brasileira, este artigo propõe uma análise em que a “essência” do escândalo político, sua “forma” e seus “antecedentes históricos” interessariam menos do que conhecer a qualidade dos agentes que o (d)enunciam. A pergunta se volta, assim, para o “quem”, e não para o “quê”

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13102/ideac.v1i32.1295

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


eISSN: 2359-6384