A HISTERIA E A PERDA: CONSIDERAÇÕES SOBRE A HISTEROEPILEPSIA DE FIÓDOR M. DOSTOIEVSKI

Edson Manzan Corsi

Resumo


Este trabalho pretende falar sobre o artigo de Sigmund Freud intitulado Dostoievski e o Parricídio, no intuito de defender, mediante o texto freudiano e considerações acerca da obra de Dostoievski, a perspectiva de que a epilepsia do último possuiu etiologia psíquica, e não orgânica. Para tanto, nos utilizamos de textos basilares da psicanálise, mas também da crítica literária.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.