O DUALISMO MENTE-CORPO COMPATÍVEL COM A CONCEPÇÃO CIENTÍFICA DO MUNDO NO PENSAMENTO DE CHALMERS

Rafael Silva Souza

Resumo


Através do pensamento de um dos mais influentes pensadores da filosofia da mente de nosso tempo, o filósofo australiano David John Chalmers, esse trabalho apresentará uma visão dualista da consciência que possibilita o desenvolvimento de teorias não reducionistas da consciência. Para esse propósito, faremos inicialmente uma distinção entre os problemas pertencentes ao desempenho de funções cognitivas com aqueles que envolvem os estados qualitativos da experiência, qualias. Segundo Chalmers, esses problemas estão
inseridos, respectivamente, no chamado problema fácil e problema difícil da consciência. Por fim, após contrastar os problemas apresentados e com objetivo de demonstrar que a ciência empírica ainda não deu conta dos mistérios que envolvem o aspecto fenomênico da consciência, três princípios de Chalmers serão apontados como aspirantes a uma teoria da consciência que engloba tanto os processos físicos do cérebro como também os aspectos fenomênicos da consciência.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13102/ideac.v1i36.3157

Apontamentos

  • Não há apontamentos.