MATERIALISMO, CIÊNCIA E METAFÍSICA EM MARX

Gedeão Mendonça de Moura

Resumo


Pretendo, neste artigo, tratar da relação entre materialismo, ciência e metafísica na obra de Marx, ainda que de forma bastante rápida. As questões que orientam esta exposição são as seguintes: mesmo se declarando um pensador materialista, Marx não seria ainda tributário da metafísica pelo fato de não abandonar por completo certas reminiscências metafísicas? Isso não gera uma incoerência no interior de sua nova concepção [materialista] de mundo, que é
estabelecida justamente para se contrapor às muitas concepções idealistas de sua época, e pretende revelar a “única” e verdadeira “ciência da história” (MARX & ENGELS, 2007, p. 86)? Assim, o empreendimento teórico de Marx estaria apenas assentado sobre bases científicas, e tão afastado quanto possível do terreno da metafísica?


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13102/ideac.v1i39.4568

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


eISSN: 2359-6384