“Daquela Marca Lá”: a influência da dêixis no encapsulamento anafórico

Autores

  • Briane Schmitt Universidade de Passo Fundo
  • Claudia Toldo Universidade de Passo Fundo

DOI:

https://doi.org/10.13102/cl.v24i2.10079

Palavras-chave:

Referenciação, Encapsulamento anafórico, Dêitico, Avon, Jade Picon

Resumo

Esta pesquisa tem como tema o processo de referenciação e os sentidos que dele podem ser apreendidos, especificamente em relação às referências utilizadas no universo das redes sociais, considerando a necessidade de ocultar determinado léxico por conta das regras de privacidade recorrentes em tal contexto. O objetivo deste trabalho é analisar a influência do pronome demonstrativo e do dêitico no sentido produzido pelo encapsulamento anafórico quando da resposta no Twitter da famosa marca de cosméticos Avon ao comentário dos administradores da influenciadora Jade Picon. O estudo tem como pressupostos teóricos as considerações de Conte (2003) acerca da noção de encapsulamento anafórico, bem como os estudos de Cavalcante (2005) em relação às noções de anáfora e dêixis, tomando como referência os estudos da Linguística Textual. O corpus de pesquisa é composto pelo texto veiculado na interação via Twitter a partir de uma publicação e dois comentários: a publicação de uma seguidora do Twitter de Jade Picon; o comentário dos administradores da página da influenciadora; a resposta da Avon para essa interação. Essa reflexão é produto de uma pesquisa de tipo exploratória, bibliográfica e sua análise é qualitativa. A constatação deste trabalho é a de que a escolha pelo pronome demonstrativo e pelo dêitico no uso do encapsulamento anafórico potencializa o sentido do núcleo do sintagma, conferindo um tom pejorativo e avaliativo ao encapsulamento como um todo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Claudia Toldo, Universidade de Passo Fundo

Doutora em Letras. Professora e Coordenadora do PPGL – Doutorado e Mestrado em Letras na Universidade de Passo Fundo. Pesquisadora CNPq

Referências

APOTHÉLOZ, D. Rôle et fonctionnement de l’anaphore dans La dynamique textuelle. 1995. Tese (Doutorado) – Université de Neuchatel, 1995, p. 18-43. In: CAVALCANTE, M. M.;

RODRIGUES, B. B.; CIULLA, A. (Org.). Referenciação. São Paulo: Contexto, 2003.

CAVALCANTE, Mônica M. Anáfora e dêixis: quando as retas se encontram. In: KOCH, Ingedore; MORATO, Edwiges M.; BENTES, Anna C. (Org.). Referenciação e discurso. São Paulo: Contexto, 2005.

CONTE, Maria-Elisabeth. Encapsulamento anafórico. In: CAVALCANTE, Mônica M.; RODRIGUES, Bernardete B.; CIULLA, Alena (Org.). Referenciação. Clássicos da linguística 1. São Paulo: Contexto, 2003. p. 177-190.

MEIO E MENSAGEM. “Aquela marca lá”: por que a Avon mudou seu nome no Twitter. Disponível em: https://www.meioemensagem.com.br/home/marketing/2022/02/10/aquela-marca-la-por-que-a-avon-mudou-seu-nome-no-twitter.html. Acesso em: 20 abr.2023.

Downloads

Publicado

2024-04-04

Como Citar

Schmitt, B., & Toldo, C. (2024). “Daquela Marca Lá”: a influência da dêixis no encapsulamento anafórico: . A Cor Das Letras, 24(2). https://doi.org/10.13102/cl.v24i2.10079